Ultimas noticias do caso João de DEUS

Tem Notícias realmente choca o mundo apresentar para vocês o caso onde chocou os evangélicos de todo o mundo e até mesmo do centro espírito se você já ouviu falar no caso do João de Deus sabe o quanto esse homem enganou homens e mulheres através de sua espiritualidade fazendo com que as pessoas acreditassem que ele era realmente um curador foi descoberto casos de assassinatos misteriosos e agressões brutais que não sai da memória das vítimas, uma das testemunhas que acusam João de Deus com o nome de João Teixeira de Farias encerrar o seu nome verdadeiro porém como curador todas as pessoas chamavam ele como João de Deus ele tinha uma Frota de pessoas que o seguiam.

Em dezembro depois das denúncias que as vítimas tiveram coragem de fazer contra esse homem, as vítimas eram menor de idade e também existe mulheres que que prestaram queixa desse homem que abusou de mulheres no ano de 1976 as pessoas tinham medo de dizer o quanto ele era ruim para os seus seguidores, as pessoas que entravam achava que ele era um Deus e o seguiam porém quem já estavam mais tempo nessa seita sabia muito bem que ele exigia até mesmo transar com as filhas de seus seguidores.

Ele é conhecido por fazer atendimentos espirituais e curar qualquer doença através de sua espiritualidade, uma certa jovem deu seu depoimento sobre esse fajuto que tinha muitos seguidores a mulher que pesava 45 kg foi levada por João de Deus até uma ponte e lá ela foi estrupada e violentado quando a vítima perguntou o que eles estavam fazendo no local João Farias disse que iria levar ela para fazer uma limpeza espiritual depois de abusar sexualmente dessa menina ele disparou 3 tiros, e a vítima se fingiu de morta para que ele fosse embora de lá mas não acabou por aí, João Farias acabou pegando o corpo da vítima porque achou que estava morta e jogou sobre o Rio em dezembro depois das denúncias que as vítimas tiveram coragem de fazer Contra esse foram 46 anos passados com esse homem abusando de todas as mulheres que seguiam ele dessa vítima foi essencial para que todas as outras prestassem queixa sobre o charlatão

A prisão do médium João de Deus, acusado de crimes sexuais durante tratamentos espirituais em Abadiânia, no Entorno do Distrito Federal, completa um mês nesta quarta-feira (16). Denunciado duas vezes pelo Ministério Público Estadual de Goiás (MP-GO) por abusos sexuais e indiciado pela Polícia Civil por posse ilegal de arma, o médium está sozinho em uma cela do Núcleo de Custódia em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital.

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*